PORTUGAL É A NOSSA TERRA
HomePage > Notícias & Curiosidades
Procura no site
  Traça-do-tomateiro
  Bichado
  Traça-da-uva
  Zeuzera ou Broca
  Lagarta-do-tomate
  Mosca-do-Mediterrâneo
  Processionária

Larvas a sairem do ninho, prontas para a procissão.
Processionária anda agora em ´´procissão´´
Estamos em plena época das "procissões" das enormes lagartas de processionária (Thaumetopoea pityocampa). É agora que as pessoas mais se lembram da sua existência, mas o combate a esta praga dos pinheiros é mais eficaz em Setembro.
 

Conforme a fase do ciclo biológico desta praga assim será o meio de luta a utilizar.

Agora, Fevereiro-Março, quando o último instar larvar começa a descer o pinheiro, em "procissão", a caminho do solo onde irá pupar, pode-se instalar uma armadilha com cola, tipo rolo, em redor do tronco.

Em Junho, quando emergem os primeiros adultos, recorre-se à captura em massa, com armadilhas com feromonas sexuais. Contudo, só resulta numa eficácia significativa se for prática generalizada numa região ou no caso de árvores isoladas, para não haver posturas de fêmeas fertilizadas no exterior.

A melhor época é em Setembro, quando as pequenas e frágeis lagartas, dos primeiros instares, andam na extremidade das copas. Nessa fase é extremamente eficaz pulverizar-se com insecticida biológico de Bacillus thuringiensis, da marca “Turex”.

Mais tarde, no Outono e Inverno, quando as lagartas já são enormes e se protegem, dentro dos seus típicos ninhos e se começa novamente a sentir a sua presença, ao causarem urticária, há quem recorra a tiros com elegantes caçadeiras de delgados cartuchos… Pouco mais resta a fazer (quem quiser, também pode cortar a extremidade dos ramos onde estão os ninhos). 

 
 
   
© Copyrigt BIOSANI 2007- Desenvolvido com Senso Comum Lda.   CONTACTOS - www.biosani.com

Biosani desenvolve um projecto de I&D parcialmente financiado pelo projecto DiFero n° 30235 / SI I&DT Individual, com o apoio de: